quinta-feira, setembro 1

Monstro Moderno



Menina dance até meus pés.
Se esfregue em mim.
Respire meu cheiro.
Fume uma carreira e fique louca.
Me dê seu C*.

Hey DJ, aumente o volume!!
Meu corpo precisa se mexer.
Não se assuste com meu jeito Calígula de ser.
Eu pago tudo. Sempre pago.

Quanto mais se entorpece mais me conduz ao prazer.
Na água azul e transparente da piscina me deleito vendo-a como uma puta louca. 
Vaca da moda.
Dinheiro, dinheiro, dinheiro.
Status, fama, política.

Faça-me dançar!
Faça meu pau subir.
Me lambuze.
Não jogue meu champanhe fora!
Agora lambe. 

Hei garoto, o que esta olhando?!
Sua cueca esta apertada?
Meus escravos do prazer.
Meus queridos idiotas.

Salário, preço, lucro.
Sem preconceitos, nem limites. Sem pudor.
Amanhã meu terno esta impecável.
Sou a perfeição da sociedade.

Mandar, receber, raciocinar.
Relógio de ouro, carro alemão, cadeira de aço.
Mandar matar, fugir, atirar.
Rosto de santo, olhos coloridos, cabelo perfeito.  

Um comentário:

JD - João Damasio disse...

Uii!
Cara, ouço um arranjo musical acompanhando. Vira música, o que se expressa com tanta força, em letras ou em rugidos ocultos.

Postar um comentário

Viage mais em:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...