domingo, novembro 7

Balada do Louco.

Balada do Louco
Ney Matogrosso

Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Se eles são bonitos, sou Alain Delon

Se eles são famosos, sou Napoleão
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Eu juro que é melhor não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu

Se eles têm três carros, eu posso voar
Se eles rezam muito, eu já estou no céu
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

REFRÃO
Sim sou muito louco, não vou me curar
Já não sou o único que encontrou a paz

CRÉDITOS
http://www.vagalume.com.br/ney-matogrosso/balada-do-louco.html#ixzz14ZcUSrx4

4 comentários:

JD - João Damasio disse...

Sim, somos mto loucos! blááá...
E o resto acha que é normal.

Tadeu disse...

Viva a loucura!!!!!!!!! Antes loucos do que normais. Louco é quem está fora do padrão da sociedade.

Natália =) disse...

até porque, ser normal não me interessa rsrsrs

Anônimo disse...

Ser normal todo mundo é. Ser anormal, ou mesmo "louco", é difícil. Pois ser anormal, presume, antes de tudo, ser aquilo que a sociedade não é em unanimidade. O que, por vez, torna-se diferente porque cada vez mais a “diferença" ou não ser normal, é encarado como estranho, alheio aos ditames da sociedade. Por isso, o diferente, louco, anormal, foi e está sendo sempre condenado pela sociedade....

Alan

Postar um comentário

Viage mais em:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...